Ferramentas de Trabalho Colaborativo utilizando BCF – BIM Collaboration Format

Num dos primeiros posts desse blog, falamos sobre BCF, falando da sua origem, as tipologias de trabalho e o funcionamento do fluxo.
Agora nesse post, trago uma demonstração da interoperabilidade do formato BCF, entre 3 softwares, que são: Solibri, Navisworks e Tekla BIMsight. Na qual foram elaborados diversos testes, verificando a interoperabilidade do formato BCF no fluxo de troca de informações, identificando-se as informações que foram enviadas pelo software de origem e as informações recebidas pelo software receptor. Apresentando resultados através de tabelas e relatórios dos softwares testados, mostrando as informações perdidas no processo de interoperabilidade.

Continuar lendo

Compatibilização de Projetos – Analise Itens NBR 6118 Projeto de Estrutura de Concreto

É comum durante a execução de uma obra encontrar conflitos entre as disciplinas executadas, e um grande impacto que há na construção são as interferências que ocorrem entre a Estrutura e os Sistemas Prediais. Interferências que poderiam ser facilmente detectadas durante a fase de projetos caso fossem analisados como um todo.

Hoje é fácil encontrar a palavra compatibilização quando vai se contratar um projeto, todos os projetistas falam que seus projetos são compatibilizados, mas o que é Compatibilização? Continuar lendo

Análise NBR 5626 – Instalação Predial de Água Fria.

No post anterior, falamos um pouco sobre alguns itens da NBR 8160 de Sistemas Prediais de Esgoto Sanitário, na qual mostramos itens a serem observados antes de elaborar um projeto sanitário.

E agora, dando continuidade à análise de Normas, é a vez da NBR 5626 de Instalação Predial de Água Fria.

Mas o proposito do Blog não é BIM?

Claro que é BIM, e a elaboração do projeto faz parte do Processo BIM. Mas trago aqui esse texto principalmente pelo fato de ter trabalho na transcrição de projetos de Engenharia de CAD para uma Construção Virtual, e tenho visto muitos projetos em desacordo com a norma ou com a representação gráfica das peças errada por falta de desconhecimento ou de atenção dos projetistas.

Fazendo uma rápida análise, trago aqui alguns pontos que devem ser levados em consideração no desenvolvimento do projeto. Mas recomendo que todos leiam a NBR 5626 na integra, para total entendimento da mesma. Continuar lendo